Home Posts Federaminas apoia campanha de reajuste nas tabelas do Simples Nacional

Federaminas apoia campanha de reajuste nas tabelas do Simples Nacional

by admin

O Projeto de Lei Complementar 108/2021, que estabelece a ampliação no teto de inclusão de empresas como microempreendedor individual (MEI), voltou a ser discutido nos últimos dias e irá para audiência pública nesta quarta-feira (18/5). A PLP prevê o reajuste da tabela de faturamento anual dos microempreendedores de R$81 mil para R$141 mil.

Além da atualização das tabelas de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a medida também pressupõe a possibilidade do microempreendedor contratar dois funcionários e reajustes também no MEI através do Simples Nacional. Para Marco Bertaioli, Deputado Federal e relator do projeto, essa medida é fundamental para a manutenção das micro e pequenas empresas do Brasil.

“Estamos vivendo em um momento desafiador para as micro e pequenas empresas, os preços estão cada vez mais altos e isso gera grande impacto nas empresas de pequeno porte. É necessário buscar soluções eficientes para amparar as MPEs, que são constantemente afetadas pelo cenário econômico do país”, afirma o presidente da Federaminas, Valmir Rodrigues. Segundo ele o ajuste das tabelas e as novas regras previstas na PLP, serão medidas facilitadoras para os microempreendedores.

A campanha promovida pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) tem como slogan a frase “Mais Simples Nacional, Brasil mais forte”, a intenção é mobilizar empresários de todo o país através das redes sociais.
Confira abaixo os valores sugeridos na campanha:
– Microempreendedor individual (MEI): de R$81 mil para R$ 141 mil;
– Microempresa: de R$ 360 mil para R$ 847mil;
– Empresa de pequeno porte: de R$4,8 milhões para R$8,47 milhões.

Você também pode gostar

3 comentários

John 24 de julho de 2017 - 02:09

Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil impedit quo minus id quod maxime placeat facere.

Reply
John 24 de julho de 2017 - 02:09

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil.

Reply
John 24 de julho de 2017 - 02:09

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt ut labore.

Reply

Deixe um comentário